Pour Elise

A clássica canção Pour Elise, que dá nome ao espetáculo, costura o musical em diversas cenas. “Tem a versão Pour Elise em jazz, variação da Pour Elise em forma de chorinho. A brasilidade chega ao fim da peça, quando os protagonistas se encontram no Brasil”, conta Claudio, que está há quatro anos empenhado em montar o espetáculo.

   

Varsóvia, 1938. Em uma festa da alta sociedade, o pianista judeu Sbig (Claudio Goldman) se apaixona pela bela cantora Elise (Gabriela Alves), casada com um líder da resistência antinazista. O amor acaba quando explode a Segunda Guerra Mundial e Elise embarca com seu marido para o Brasil. Anos depois, Sbig e Elise se reencontram no país tropical e retomam o romance.

VÍDEO

Ficha Técnica

Autor: Flavio de Souza | Direção Geral: Pamela Duncan | Músicas: Claudio Goldman e Flavio de Souza | Elenco: Claudio Goldman – Gabriela Alves – Lui Strassburger – Ronaldo Liano | Músicos: Gabriel Goldman – Gabriel Levy – Jocenir Fiori – Frank Herzberg – Julius Peter Nitsch – Décio Giolli – Douglas Gomes | Assistente de Produção e Direção: Luiz Fernando Albertoni | Assistente de Produção: Isabella Goldman | Figurinos e Cenários: Pamela Duncan | Vídeo Cenário: Giuliano Scanduzzi: | Adereços: Lucas Luciano | Iluminação: Juarez Adriano | Preparação Vocal: Jocelyn Maroccolo | Coreografia: Luciana Mayumi | Fotos: Jefferson Pancieri | Vídeo Divulgação: Fabiano Moreira | Assessoria de Imprensa: Douglas Picchetti. | Produção: Claudio Goldman – Grupo kling