Eternos Vagabundos

Conta a história de dois vagabundos (Clown A e Clown B), que moram na rua e dividem o mesmo teto ou seja, a mesma ponte. Todos as manhãs quando a Lua vai embora começa mais um dia igual ao anterior e a todos os outros, com as mesmas situações, que dão sentido a vida da dupla. A proposta é resgatar a inocência, leveza e por que não dizer genialidade, daqueles para quem o que resta são os sonhos.

Clown A e Clown B são inseparáveis no anonimato dessa urbe, com um mundo próprio repleto de humor e poesia. Precisam preencher o tempo e para isso se utilizam de armadilhas, jogos e brigas, que não possuem outro objetivo a não ser fazer-se ‘necessário’ um ao outro. A Lua, quase uma personagem do espetáculo, representa o sonho de dias melhores,è um espetáculo alegre e divertido,e mais ….hilariante.

VER O VÍDEO

Estréia no Projeto Rumos do Teatro (Santos)
Temporada no Sesc Santo Andre
Estréia oficial no Teatro João Caetano São Paulo
Selecionada para a 8 Mostra de Teatro Infantil do Sesi
Selecionada para o Festival Nacional Infantil de Blumenau
Mostra oficial do Festa (Santos_ Brasil)
Festival dos 100 anos de Araraquara
Festival de Sertaozinho

Ficha Técnica
Direção: Pámela Duncan
Baseado na obra de Samuel Beckett e os clássicos do cinema branco e preto- O gordo e o magro
Atores: Ailton Rosa – Francisco Serpa